História da Astronomia em Sergipe

Em construção…

update:22 Dez. 2019

SOCIEDADES ASTRONÔMICAS, CLUBES, CENTROS, GRUPOS, E OUTROS:

Astrofotógrafos Amadores do Espaço (AAE)

Sobre o Astrofotógrafos Amadores do Espaço (AAE)

O grupo Astrofotógrafos Amadores do Espaço (AAE ou AfAE) foi criado em 04 de Fevereiro de 2019, em Nossa senhora da Dores/SE e desde então faz parceria com o grupo “CLUBE DORENSE DE ASTRONOMIA ÓRION” também de Nossa senhora da Dores/SE e juntos divulgam e trabalham com a Astrofotografia na Astronomia. Já a página no Facebook foi criada com a finalidade de difundir o conhecimento da Astrofotografia em Sergipe e no Brasil, com capturas dos planetas e dos objetos de céu profundo (Galáxias; Estrelas; Nebulosas) em telescópios e câmeras, com o objetivo de registrar a observação e estudar um pouco mais o nosso Universo.

Logotipo do grupo “Astrofotógrafos Amadores do Espaço”.

O grupo destaca-se pelas astrofotografias da superfície lunar. O membro fundador do grupo David Maia já foi premiado nacionalmente e internacionalmente por astrofotografias lunares.

Registro da Cratera PLATÃO com seus 101 Km de diâmetro, durante a Semana do Espaço 2019; T.R. 1200/254mm – f/4.7 + ZWO ASI224MC + Blw 2X, por David Maia – (CDA ORION- AfAE).

Um dos trabalhos mais importantes realizado pelo grupo Astrofotógrafos Amadores do Espaço (AAE) foi o registro do Trânsito de Mercúrio no Sol, capturado com câmera do celular de 13 MP acoplado ao telescópio refletor de 254mm, com uso de um filtro solar apropriado, em parceria com o grupo CDA Órion, em 11 Nov. 2019.

Registro do Trânsito de Mercúrio no Sol, capturado com câmera do celular de 13 MP acoplado ao telescópio refletor de 254 mm, com uso de um filtro solar apropriado, em parceria com o grupo CDA Órion.

Informações de contato:

Facebook: https://www.facebook.com/www.astrofotografiaplanetaria.com.br/

Clube de Astronomia do CODAP – UFS

Sobre o Clube de Astronomia do CODAP – UFS

O Clube de Astronomia do Colégio Aplicação da Universidade Federal de Sergipe (ou simplesmente: Clube de Astronomia do CODAP – UFS) é um projeto que foi criado no dia 26 de Junho de 2007, às 18h, no laboratório de Física do Colégio Aplicação da UFS. Tendo como Coordenador do Projeto o Prof. Nemésio Augusto Alvares Silva. O clube de astronomia foi criado com os objetivos de estimular o estudo da astronomia, a curiosidade e o conhecimento sobre os astros e a integração entre os alunos do CODAP, além de preparar os Alunos para participarem da OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia).

Na primeira reunião do grupo (26/06/2007) estavam presentes os alunos: Agtta Christie Nunes Vasconcelos; Brisa Corso Guimarães Cabral Monteiro; Clarissa Varjão Santos; Dayanne Santana dos Santos; Larissa Linhares Silva; Luis Claudio Pereira Santos; Lucas Santos de Matos; Ivo José dos Santos e Silmara c. Santos e o coordenador do projeto o Prof. Nemésio Augusto Alvares Silva.

Alunos membros do clube durante a primeira reunião do clube em 26 de Junho de 2007 .
Alunos observando a Lua com um binóculo, durante o primeiro de dia de fundação do grupo em 26 de Junho de 2007.
Imagem tirada no dia da 3ª reunião do grupo, em 09 Jul. 2007. O prof. Nemésio e o seguintes alunos estavam presentes na 3ª reunião: Brisa, Lariza, Karoline, Clarissa V., Tamara O., Luiz Cláudio, Agtta C. Dayanne S., Laryssa L., Nelisson Luis, Lucas S., Aldo N. e Ivo José.

As reuniões do grupo, no início de sua fundação ocorria essencialmente aos sábados. Após alguns períodos de hiatos o grupo retomou suas atividades em 2017, reiniciou suas atividades em 31 de agosto com uma reunião semanal, as quintas-feiras das 13 às 15 horas. O clube possui dois telescópios (em 2019): Uma luneta de 60 mm e telescópio de 90 mm.

Imagens de uma exposição após a nova fase do grupo, em Dezembro 2017.
Imagens de uma exposição após a nova fase do grupo, em Dezembro 2017.

Fotos do clube de astronomia em Maio de 2019. A atividade deste dia foi conhecer os diferentes tipos de Telescópios Refletores e Refratores. Partes de um Telescópio. E como focar um telescópio.

Informações de contato:

Página/Blog: http://clubedeastronomiacodapufs.blogspot.com/

Grupo Google: https://groups.google.com/forum/#!forum/clube-de-astronomia-do-codap-ufs

Grupo de Astronomia Singularidade (GAS)

Sobre o GAS

O Grupo de Astronomia Singularidade (GAS) foi fundado 16 de maio de 2017 por Vinícius Gama, Gabriel Reis Santana, Brendaw Cardoso e Enzo Rafael Prado Maia Santos (o presidente em 2019). Durante uma palestra na X SEASE, Enzo afirmou que a ideia de fundar o grupo surge depois de uma conversa na biblioteca do Instituto de Educação Rui Barbosa (Antiga Escola Normal), que a até então estava o Centro de Excelência Atheneu Sergipense em 2017.

Logotipo do Grupo de Astronomia Singularidade.
Enzo (Presidente do GAS) durante sua palestra sobre o Grupo de Astronomia Singularidade na X SEASE, 2019.

O grupo pertence ao Atheneu Sergipense, graças a um projeto implementando na escola em 2017. Um marco para história do colégio, pois foi o primeiro grupo de astronomia implantado oficialmente no mesmo. Sendo o Atheneu a primeira instituição pública de ensino do estado de Sergipe, fundado em 1870. Até o final de 2019 o grupo contava com 20 membros.

O primeiro equipamento do grupo foi um telescópio de 60 mm, obtido por doação ao grupo. Em 2018, a atividades do grupo se concentrou em atividades de lançamentos de foguetes na primeira amostra de astronomia do colégio. Em 2019, em parceria com SEASE o grupo realizou uma observação solar na II amostra de astronomia.

O clube (GAS) em sua 1ª Exposição de Astronomia e Astronáutica do Centro de Excelência Atheneu Sergipense no dia 06/12/2018.

Registros da 2° Exposição de Astronomia do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, que ocorreu no dia 24/05/2019. A SEASE deu apoio disponibilizando um telescópio para a observação solar. Neste dia, esteve presente auxiliando o Augusto Almeida, diretor da CCTECA e membro da SEASE.
Registros da 2° Exposição de Astronomia do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, que ocorreu no dia 24/05/2019. A SEASE deu apoio disponibilizando um telescópio para a observação solar. Neste dia, esteve presente auxiliando o Augusto Almeida, diretor da CCTECA e membro da SEASE.

A discussões e estudos do grupo buscam sempre o melhor entendimento e melhor forma de explicar e reproduzir ao público e se baseiam  nos livros “Astronomia e Astrofísica” de Kepler de Sousa, “Fascínio no Universo” de Augusto Damineli e João Steiner e “A Teoria da Relatividade Especial e Geral”, Albert Einstein , além dos canais do Youtube: Ciência todo dia, Space Today,  e Astrotubers. As reuniões do grupo acontecem em alguma das salas ou em laboratórios  na dependências do colégio e sempre na presença de um professor da escola.

Diretoria

A Diretoria é composta de: um Presidente, um Vice-Presidente, podendo ter um secretário, eleitos em assembléia ou indicação pelos os membros do grupo, para mandatos de 1 ano.

____________________________________________________________________

Gestão (2017-2017):

Presidente:  Enzo Rafael Prado Maia Santos

Vice-Presidente: Brendaw Cardoso

Gestão (2018-2018):

Presidente:  Enzo Rafael Prado Maia Santos

Vice-Presidente: Lucyano Morais

Gestão (2019-2019):

Presidente:  Enzo Rafael Prado Maia Santos

Vice-Presidente: não houve vice nessa gestão.

Informações de contato:

Facebook: https://www.facebook.com/Gruposingulariadade/

Instagram: https://www.instagram.com/grupo_singularidade ; https://www.instagram.com/astronomia_singularidade

Grupo de Eventos Astronômicos de São Cristóvão (GEASC)

Sobre o GEASC

O Grupo de Eventos Astronômicos de São Cristóvão (GEASC) começou a ser lapidado durante a Semana Mundial do Espaço de 2016, que ocorreu de 04 a 10 de Outubro, quando as – até então – futuras fundadoras do grupo Krísia Guimarães e Thainá Sabino se uniram espontaneamente para executar o primeiro evento, intitulado “Observação no Eduardo Gomes”, no dia 08 de Outubro de 2016, que consistiu em levar um telescópio em praça pública e convidar os moradores da região para observar o céu pela primeira vez, explicando conceitos de astronomia de forma simplificada e lúdica, buscando esclarecer os questionamentos da população.

Realização do primeiro evento, intitulado “Observação no Eduardo Gomes”, no dia 08 de Outubro de 2016, por Krísia Guimarães e Thainá Sabino, embrião que deu origem ao GEASC posteriormente.

Com o incrível retorno positivo, decidiram que continuariam a executar tais atividades de forma periódica a partir do ano consecutivo. E assim, em 7 de Janeiro de 2017, nasceu oficialmente o GEASC com a realização do segundo evento intitulado “II Observação no Eduardo Gomes” e primeira observação do grupo.

Logotipo oficial do GEASC.
Observação inaugural do GEASC, no evento intitulado “II Observação no Eduardo Gomes” , realizado em 07 de Janeiro de 2017.

Desde então, o grupo tem trabalhado bastante para levar a astronomia para cada vez mais pessoas, e cada vez visitando localidades mais distantes.

Em 2019, o GEASC passou a colaborar com a Universidade Federal de Sergipe, através do projeto de extensão do Prof. Dr. Sergio Scarano Jr., intitulado Construção dos planetas em escala utilizando superfícies realistas como método para o Ensino Interdisciplinar de Astronomia. Neste mesmo ano, o Grupo de Eventos Astronômicos de São Cristóvão (GEASC), de São Cristóvão/SE, foi premiado na XLIII Reunião Anual da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), que ocorreu na semana de 9 a 12 de setembro de 2019, em São Paulo. Durante a Reunião a membro fundadora do GEASC, Krísia Guimarães, teve a oportunidade de apresentar as réplicas dos planetas em escala utilizadas nos eventos de observações do grupo, além de apresentar o GEASC e todo o trabalho e frutos à toda a sociedade astronômica nacional. O trabalho foi reconhecido como um dos 8 melhores trabalhos presentes na reunião, recebendo menção honrosa e uma apresentação oral no encerramento do evento

Apresentação de poster de Krísia Guimarães, membro fundadora do grupo GEASC, durante a XLIII Reunião da SAB de 2019.
Apresentação oral de Krísia Guimarães, membro fundadora do grupo GEASC, durante a XLIII Reunião da SAB no encerramento do evento.

Informações e contato:

Site: www.geasc.ong.br

Instagram: https://www.instagram.com/geasc.se/

Facebook: https://www.facebook.com/facegeasc

PhysicS Solution Júnior

Sobre a Physics Jr.

A Physics Solutions Júnior (PhysicS Jr.) é uma empresa Júnior do Departamento de Física da Universidade Federal de Sergipe – São Cristóvão/SE, formada por alunos da graduação em Física (Bacharel, Licenciatura, Astrofísica e Física Médica) da Universidade Federal de Sergipe. Foi fundada em 01 de setembro de 2016. O objetivo primordial da empresa é oferecer a sociedade serviços de baixo custo e alta qualidade, incentivando e estimulando a capacidade empreendedora dos alunos.

Lototipo da empresa Physics Jr.

Desde sua fundação, dentre várias outras funcionalidades, a empresa também tem um envolvimento na astronomia. Sendo assim, passando a ser mais uma instituição a se envolver em astronomia em Sergipe. A empresa ganhou notoriedade e destaque no assunto quando organizou e realizou a “I Mostra de Astrofísica da Physics Jr” em 2018 e a ” II Mostra de Astrofísica da Physics Jr.” em 2019. Eventos estes, contendo minicursos, palestras, planetário, competição de foguetes, observações astronômicas e exposição artística.

Planetário móvel durante a I Mostra de Astrofísica da Physics Jr.”, em 2018 .
Palestra com o Prof. Diogo Souto, na II Mostra de Astrofísica da Physics Jr.”, em 2019 .

Informações e contato:

Site: http://physicsjr.pe.hu/

Facebook: https://www.facebook.com/pg/physicsjr1

Instragam: https://www.instagram.com/physics_jr/

E-mail: amarketingphysics@gmail.com

Sociedade de Estudos Astronômicos de Sergipe (SEASE)

BREVE HISTÓRICO DA SEASE

Os primórdios

A história da SEASE se ”confunde” com a própria história da Astronomia em Sergipe. A história da astronomia em Sergipe é tardia. Sendo o Professor Augusto César como o principal nome e fomentador de tal estudo, em nosso estado. Em 1986, o mesmo observou o cometa Halley, e se deslumbrou com o fenômeno, ele que já estudava por conta própria muita coisa relativa à ciência. E por iniciativa do Prof. Augusto Cesar Silva Almeida e alguns estudantes de Física da UFS, surge, em meados de 1991, um grupo de estudos teóricos e práticos na área de Astronomia. Em 08/10/1993, às 14h30mim, este grupo de estudos, resolve estender os seus trabalhos à comunidade, fundando, na UFS, o Grupo de Astronomia Johannes Kepler (GAJK), em homenagem ao cientista JOHANNES KEPLER (1571-1630).

Representação artística de JOHANNES KEPLER (1571-1630 )

Na época, Augusto também era estudante de Física Licenciatura e Presidente do Centro Acadêmico de Física Leônidas Tancu (CAFis-LT/UFS), onde ficava também a sede do grupo. O GAJK se reunia em locais da própria Universidade (a exemplo do auditório do CCBS, CAFIS e outros) para fazer grupos de estudos e divulgação, convidando palestrantes para expor temas relacionados. O grupo também fazia intercâmbio em busca de aprendizado e também divulgando seus trabalhos, com o Grupo de Alagoas, O CEAAL. O grupo foi inaugurado com a presença do convidado especial Prof. Romildo Póvoa Faria, na época, Coordenador do Planetário do Museu Dinâmico de Ciências de Campinas – SP e autor de várias publicações na área de Astronomia. Os objetivos do GAJK giravam fundamentalmente em torno ampliação do conhecimento na área, o ensino de temas específicos ligados às ciências espaciais, direcionados para o público em geral, também entravam na pauta das ações. Também era meta do grupo motivar a criação de um curso de extensão pela UFS.

Documento ata de fundação do GAJK, em 08/10/1993 às 14h30 mim na UFS. Arquivo: SEASE.
Imagem da fundação do grupo GAJK, em 08/10/93 às 14h30 mim, com a presença do convidado especial Prof. Romildo Póvoa Faria, na época, Coordenador do Planetário do Museu Dinâmico de Ciências de Campinas – SP e autor de várias publicações na área de Astronomia, na UFS. Da esquerda para direita: Prof. Póvoa Faria, Antônio Murilo Macedo (hoje prof. de física da UFPE), Augusto César (hoje coordenador da CCTECA) e um outro estudante de física. Arquivo: SEASE
Discurso do prof. Augusto César Almeida (na época estudante de física) na fundação do GAJK em 08/10/1993, na UFS. Arquivo: SEASE.
Platéia na sala durante o discurso de fundação do GAJK em 08/10/1993, na UFS. Arquivo: SEASE.
Platéia na sala durante o discurso de fundação do GAJK em 08/10/1993, na UFS. Arquivo: SEASE.

O GAJK precisava se estruturar para suas atividades e para atender melhor ao público local que carecia de informações qualitativas sobre astronomia. Assim, a observação do céu, uma das principais finalidades da astronomia amadora, era realizada inicialmente através de binóculos e uma pequena luneta de 50 mm e ampliação de 30 vezes, sendo suficiente para observação de detalhes da superfície lunar e de planetas mais próximos da Terra, como Vênus e Marte. Na aquisição de equipamentos, consta o recebimento de doação de um telescópio refletor newtoniano de 180 mm que revolucionou as sessões de observação dos astros.

Nesta primeira fase da Astronomia amadora em Sergipe, vale ressaltar a realização de 42 seminários de estudos abertos ao público. Relevante também foi a aquisição de livros temáticos, revistas e vídeos astronômicos, visando montar um acervo de pesquisa para uma biblioteca dedicada ao assunto.

Augusto refrisou, durante a VI SEASE, uma importante ressalva para não cometer uma grande injustiça, apesar de ser conhecido por praticamente todos como o fundador da astronomia em nosso estado, ele citou que o primeiro astrônomo amador de Sergipe foi Fernando Figueredo.

Do GAJK à SEASE

Passados alguns anos de fundação do ‘Johannes Kepler’, ocorre a mudança da sede do grupo, após a saída de Augusto da Universidade, saindo das dependências do campus universitário para a casa do senhor Alípio Álvares de Azevedo Neto. Na sequência, em 2001, com ajuda de amigos e colegas, decidiram criar uma entidade permanente e que pudesse levar a Astronomia a todos no Estado. Dessa forma em 10/11/2001 foi criada e registrada a Sociedade de Estudos Astronômicos de Sergipe (SEASE), pelos sócios fundadores Augusto Cesar Almeida, José Alípio Neto, Luiz Eduardo, Clorivaldo Campos e José Maurício de Andrade. sendo elevada à categoria de sociedade sem fins lucrativos com estatuto de funcionamento e registro público reconhecido. Como uma das primeiras ações realizadas pela SEASE, destaca-se a compra de um telescópio newtoniano de 180 mm, de livros e aquisição de cartas celestes e programas de simulação do céu (Sky Globe, Cartas Del Cielo etc), filtro solar etc. A realização de seminários de estudos continuou como uma marca característica da entidade, seguida da observação sistemática de planetas através de telescópio com médio alcance para visualização de detalhes dos corpos celestes. Conforme a comunicação do professor Augusto, durante a VI SEASE, a Sociedade ficava alojada na casa de uns dos cofundadores “José Alípio” e após sua morte, em 2002, se transferiu e ficou instalada no Esporte Clube Cotinguiba até 2009.

Logotipo atual da SEASE (2019).
A estruturação

Em uma terceira fase da SEASE, entre 2002 e 2009, ocorreu mais uma mudança de sede, passando a ocupar uma sala, cedida gentilmente pelo então presidente do Cotinguiba Esporte Clube, o senhor Wellington Mangueira que, com muito respeito pelo trabalho do grupo, resolveu apoiar a iniciativa e colaborar para o prosseguimento das reuniões e trabalhos realizados pela entidade. Essa iniciativa foi de fundamental importância, permitindo que o grupo pudesse dispor de um espaço físico mais amplo para as reuniões e melhor localizado para acesso do público, próximo ao centro de Aracaju.

Equipe da SEASE em reunião no Cotinguiba Esporte Clube. Foto: arquivo
SEASE.

A aquisição de outros equipamentos para uso astronômico continuou merecendo destaque a compra de um computador, um aparelho de televisão e DVD, laser apontador, filtros solares, globo estelar, vídeos, livros, etc, reforçando o acervo e a lista de bens da entidade. Foi nesta fase que o grupo também se lançou pioneiramente no estado, na prática da astrofotografia, priorizando inicialmente a obtenção de imagens da Lua.

Equipe da SEASE sede do grupo no Cotinguiba Esporte Clube. Foto: arquivo SEASE.

Buscando ampliar seus horizontes, neste período de desenvolvimento, o grupo passou a investir em expedições com objetivo científico para localidades adjacentes, distantes da poluição luminosa da capital. Locais como as cidades de Laranjeiras, Siriri, o povoado Mosqueiro e a Praia do Jatobá, foram visitados para a apreciação de um céu limpo e o registro de belas astrofotografias, que permitiram a montagem de um catálogo com uma coleção de imagens de rara beleza. Nesta época, vale destacar o acompanhamento do eclipse total do Sol, no Rio Grande do Norte em 2006, observação de eclipses lunares junto ao público, acompanhamento sistemático de cometas como o Hale-Bopp e Lulin, registro de trânsito dos planetas Mercúrio e Vênus, observações de manchas solares e chuvas de meteoritos, entre outros eventos.

Augusto Fernando, Wendell e Clorivaldo, durante o Eclipse Total do Sol em Natal/RN, 2006.

A SEASE passou a participar cada vez mais ativamente de eventos astronômicos considerados de expressiva importância para o progresso da atividade no país, como os Encontros Nacionais de Astronomia (ENAST), além de eventos regionais como os Encontros Inter nordestinos de Astronomia (EINA). Em 2009, a entidade teve o privilégio de realizar em Aracaju o V EINA (hoje de denominado de IX EANE), no ano internacional da astronomia, recebendo astrônomos amadores de vários estados do Nordeste, que se reuniram para compartilhar conhecimentos nos seminários e nas apresentações de trabalhos científicos.

Prof. Augusto César presidindo a assembleia final do V EINA, 2009.
O reconhecimento do público

Desde o início de 2009, com a fundação da Casa de Ciência e Tecnologia da Cidade de Aracaju (CCTECA-Galileu Galilei), a SEASE passou a atuar em parceria com a mesma e também,passou a ser sua sede. A CCTECA Galileu Galilei é um espaço público construído a partir de uma parceria do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) com a Secretaria Municipal de Educação de Aracaju (SEMED), tendo sido inaugurada em 22 de março de 2009. Por se tratar de um local mais amplo e acessível, foi possível realizar com melhor estrutura, às noites de observação do céu com a presença do público aracajuano e de turistas.

A SEASE está sempre voltada a promover eventos de divulgação científica e participar ativamente de projetos nacionais e internacionais para a popularização dos fenômenos astronômicos, a exemplo do Ano Internacional da Astronomia (IYA 2009), Noite Internacional de Observação da Lua, Astronomia na Calçada, Campanha Internacional contra a Poluição Luminosa, entre outros, além de prosseguir com seus objetivos de pesquisar, ensinar e divulgar a Astronomia no estado de Sergipe. Durante esse tempo todo de sociedade foram realizados dois eventos em nível nacional, o V Encontro Interestadual Nordestino de Astronomia (V EINA) em 2009 e o XV Encontro de Astronomia do Nordeste (XV EANE) em 2015, com participação de vários palestrantes de reconhecimento nacional e internacional, a exemplo da brasileira Rosaly Lopes (JPL/NASA), além de ter feito, ainda, de forma mais relevante como pesquisa o trânsito de Mercúrio, de Vênus e o eclipse total do Sol em Rio Grande do Norte (RN).

Foto oficial do XV EANE, 2015
Da esquerda para direita compondo a Assembleia Geral do XV EANE estavam: Dr. Sergio Scarano (DFI/Astronomia-UFS), Professor Dr. João Canalle (OBA), José Rodrigues (Vice-Presidente da APA), James Solón (Presidente da Astro PE), Adriano Aubert (OAGLL), Tomaz Passamani (Presidente da LINNEA), Augusto César (Diretor da CCTECA), Hellen Chaves (Presidente da SEASE) e Leonardo Neves (Secretário da SAR).
Foto com a maioria dos componentes da equipe organizadora e maioria dos palestrantes no XV EANE.

Desde 2010 a SEASE realiza a “Semana de Astronomia de Sergipe” que em 2018 ocorreu sua oitava edição “IX SEASE”, além de outro evento para homenagear a semana da mulher. A “Semana SEASE” surgiu com o objetivo de homenagear o “dia do Astrônomo”, 2 de Dezembro, a data coincide com o aniversário do imperador Dom Pedro II, que era um conhecido incentivador da Astronomia, além disso, é aniversário do Prof. Augusto Cesar, sócio fundador da SEASE (Sociedade de Estudos Astronômicos de Sergipe). O objetivo da “Semana SEASE” é integrar os grupos de astronomia e desenvolver ações que visem à popularização, o ensino e a pesquisa em Astronomia em Sergipe. A SEASE concorreu e ganhou dois editais de popularização da ciência, com projeto “Astronomia sob o céu de Sergipe” e “Astronomia: O céu para os olhos e para os saberes do povo sergipano”. No ano de 2015 a sociedade atingiu a marca exata de 5 mil pessoas atendidas durantes suas atividades durante todo o ano (um recorde). A SEASE sempre realiza a maioria das atividades com parceria de outras instituições. A sociedade foi a primeira instituição oficial de astronomia do estado de Sergipe. A mesma realiza, em média, cerca de 50 observações com telescópios aberta ao público por ano, várias exposições e palestras na capital sergipana e também no interior do estado.

Diretoria

A Diretoria é composta de: um Presidente, um Vice-Presidente, um Secretário Geral, um Secretário de Finanças e um Secretário de Comunicação, eleitos em assembléia ordinária, para mandatos de 2 anos segundo o estatuto da entidade.

____________________________________________________________________

Gestão (2019-2020): A atual diretoria é composta por:

Presidente: Ivo Matias Campos

Licenciado em Geografia pela UFS e Professor de educação básica da rede estadual. É fã de ciência, ficção científica, cerveja e tecnologia. Minha jornada pela astronomia começou na infância, e hoje é um hobby que levo a sério.

Vice-Presidente: Augusto César Silva Almeida

Pedagogo, professor da rede pública estadual e municipal, Técnico em química pela antiga Escola Técnica (IFS) e diretor do Planetário da CCTECA Galileu Galilei. Sócio fundador da SEASE e do antigo GAJK (Grupo de Astronomia Johannes Kepler).

Secretária-Geral: Hannah Pâmela Lemos Fonsêca Barbosa

Letróloga e Professora licenciada em Letras – Inglês pela Universidade Tiradentes, graduanda em Gestão em Turismo pelo Instituto Federal de Sergipe e deslumbrada pela Astronomia desde que passou a ter consciência de sua existência.

Tesoureiro: Filipe Menezes Souza

Estudante de Graduação em Astrofísica pela UFS. Astrônomo amador desde os 13 anos. Admirador da exploração espacial. Começou seu interesse em Astronomia lendo revistas e assistindo documentários na televisão quando criança.

____________________________________________________________________

Gestão (2017-2018):

Presidente: Tayssa dos Santos Andrade Barreto (até Set. 2018)

Vice-Presidente: Thaynara Santos Nascimento (de Set. 2018-2018: presidente interina)
Secretário Geral: Ãngelo dos Santos Santana
Tesoureiro: Ivo Matias Campos
Secretário de Comunicação: João Victor dos Santos Souza

____________________________________________________________________

Gestão (2015-2016):

Presidente: Hellen Larissa Santos Nascimento Chaves

Sou a presidente da SEASE, tenho 19 anos, no momento me preparo para o vestibular. Sou apaixonada por Astronomia, meu foco é aprender e dividir meu conhecimento sobre essa ciência com a sociedade. Em 2007 com 11 anos tive minha primeira aula de astronomia na Chapada Diamantina-BA. Sonho em trabalhar como engenheira aeroespacial no JPL (Jet Propulsion Laboratory)


Vice-Presidente: Jaelsson Silva Lima

Sou aluno de graduação da Universidade Federal de Sergipe (UFS), no curso de Bacharelado em Física com Habilitação em Astronomia e atualmente também sou Vice-Presidente da Sociedade de Estudos Astronômicos de Sergipe (SEASE) e membro da mesma desde Dezembro 2014, me interessei pela ciência aos 4 anos de idade, quando o mesmo e nesta mesma idade perguntou “ Mãe por que as estrelas não caem? E ela respondeu: Estude e quando souber me explique” e esta pergunta me fez parar na astronomia, pois não gosto de ficar sem respostas para as perguntas e a Cosmologia está sendo minha área de interesse, já que minhas pretensões é responder as perguntas mais fundamentais do Universo. Tenho como filosofia de vida acreditar que é possível alcançar todos objetivos almejados e que nunca é tarde para recomeçar, porém tem que recomeçar o quanto antes. Muitos dizem que sou um sonhador, e se sou, só pararei de ser quando descobrir todos os mistérios do Cosmos. Uma das minhas grandes inspirações são as obras de Richard Feynman.


Secretária Geral: Dinorah Barbosa da Fonsêca Teixeira

Sou estudante de física bacharelado na UFS, além de ser secretária geral da SEASE, cargo que ocupo há pouco mais de um ano. Me interessei por astronomia e astrofísica aos 15 anos, quando comprei um telescópio. Além da astronomia, adoro animações, ficção científica, cinema e música.


Tesoureira:Ívina Siqueira Perrucho Mittaraquis

Aluna de Física Bacharelo da Universidade Federal de Sergipe. Minha vida é dedicada à busca e troca de conhecimento. Tenho apreço por ciências humanas e exatas, porém astronomia tem lugar especial em minha vida. Faço iniciação a extensão em astrofísica e além das atividades da SEASE também leciono voluntáriamente física e matemática para alunos de escola pública. Estou na SEASE há 4 anos e faço parte da diretoria há três anos. Meu cargo na antiga gestão era o de Secretária Geral. Conviver e auxiliar no crescimento dessa sociedade tem sido um imenso aprendizado.


Secretário de Comunicação: Silvio Willian Caires Batista

18 anos, graduando do curso de física licenciatura pela UFS. Membro da SEASE a 1 ano e atual secretário de comunicações

____________________________________________________________________

Gestão (2013-2014):

Presidente: Ivo Matias Campos

Vice-Presidente: Ricardo André Pereira Silva (até 15 Fev. 2014)

Secretária Geral: Ívina Siqueira Perrucho Mittaraquis (até 26 Abr. 2014)

Tesoureira: Geane Santana (até 15 Fev. 2014)

Secretário de comunicação: Victor Ramos Cruz (até 15 Fev. 2014)

Ps.: Por motivos justificados em assembléia ao longo da gestão, de modo extraoficial, alguns membros da SEASE atuaram na diretoria de forma interina na completude da gestão. Foi criado o cargo, de modo interino, de Vice-Secretário de comunicação em 22 Mar. 2014.

Vice-Presidente: Tayssa dos Santos Andrade Barreto (de 22 Mar. 2014-2014),

Secretária Geral: Dinorah Barbosa F. Teixeira (de 26 Abr. 2014-2014),

Tesoureira: Raiana Cristina (de 22 de Mar. 2014-19 Jul. 2014),

Tesoureira: Ívina Siqueira Perrucho Mittaraquis (de 19 Jul. 2014-2014),

Secretário de comunicação: Jade Lacerda (22 Mar. 2014 -2014),

Vice-Secretária de comunicação: Shyenne Pinheiro (22 Mar. 2014 -2014).

____________________________________________________________________

Gestão (2011-2012):

Presidente: Ivo Matias Campos

Vice-Presidente: José Luiz Junior

Secretário Geral: Wildson Wagner de Aragão

Secretário de finanças: Tatiane Parente de Souza

Secretário de comunicação: Luciene Ferraz Maia

Conselheiros técnicos: Jailton Cesar e José Maurício.

____________________________________________________________________

Gestão (2009-2010):

Coordenador Geral: Prof. Augusto César S.Almeida

Vice – Coordenador:

Secretário Geral: —

Sec. de comunicação :Ãngelo dos Santos Santana

Sec. De Finanças:–

____________________________________________________________________

Gestão (2007-2008):

Coordenador Geral: Prof. Augusto César S.Almeida

Vice – Coordenador: Eng. Fernando Vasconcelos

Secretário Geral: Acad. Wendell Perreira Barreto

Sec. de imprensa :–

Sec. De Finanças:–

Sec. de Assuntos Científicos : —

Informações e contato:

Site: http://sease.org.br/

Instagram: https://www.instagram.com/sease.astronomia/

Facebook: https://www.facebook.com/sease.astronomia

Youtube: https://www.youtube.com/c/SeaseAstronomia

Twitter: https://twitter.com/sease_astro

E-Mail: sease_astronomia@yahoo.com.br

Astrofotografia Sergipe…

Tardis – Grupo de Astronomia do IFS de Estância

Astrofotografia Amadora de Sergipe

Projeto Astrofotografia Alternativa

Caila...

CDA-Órion…

Astroifs…